Double screen – Comercial do Banco Sicredi

Screenshot de campanha de Natal do Banco Sicredi

E aí gurizada do café! Sussa?

Vocês víram? No Natal do ano passado, 2016, o Banco Sicredi inovou junto com a empresa DZ Estúdio e fizeram uma publicidade em “double screen”, isto é, ao entrar no endereço http://juntospelonatal.com.br/ no desktop e http://natal.am no celular, posicionar o dispositivo à direita do desktop, inserir o código fornecido, confirmar a execussão nos dos devices e curtir um show de inteligência, competência e criatividade.

Na minha experiência não ficou totalmente sincronizado, mas vamos e venhamos, alem do meu celular ser uma “lesma”, isso é bem complicadinho de sincronizar.

No passado empresas como a Samsung, se não me engano já usou essa técnica também com muita inteligência e também foi um sucesso, pelo menos no meu mundo nerd hehe

Confere lá, antes que saia do ar (eu não tiraria nunca…) pq eu estou atrasado e o bom velhinho já passou faz tempo… hehe

Tecniquês

Se você quer usar essa técnica, estude Javascript, HTML e alguma linguagem de servidor (PHP por exemplo). Se houver uma demanda legal, eu faço um tutorial.

Grande abraço!

Esse post foi escrito ao som de Pretinho Básico (Rádio Atlântida) e ao sabor de um bom café orgânico moído na hora e coadinho na xícara (sempre sem açúcar e bem forte 😉 #fikdik)

Como forçar a versão do PHP no .htaccess

E aí galerinha do café, tranquilo?!

Em tempos de mudança da versão do PHP, as vezes precisamos forçar a versão antiga ou garantir que o servidor, nesse caso apenas o Apache, tenha instalado a versão mais nova, tanto faz, o procedimento é o mesmo.

Por isso, hoje trouxe para vocês esse artigo rapidão para mostrar como fazemos para forçar determinada versão do PHP direto no .htaccess.

Primeiramente, verifique na raiz do seu projeto ou no diretório em que você deseja determinar essa configuração, se já existe o arquivo .htaccess, caso contrário, crie-o.

Insira nele as seguintes linhas:

AddHandler Application/x-httpd-php55 .php

Prontinho, basta alterar a versão do php que você precisa em php55.

 

Grande abraço e até a próxima.

 

Como criar um XML com PHP

Imagem com XML

Introdução

Com o advento do XML se faz necessário saber como criar esse tipo de arquivo. Pelo fato não precisar de um editor específico para manipular esse tipo de arquivo, muitos desenvolvedores criam a estrutura em uma variável e jogam o conteúdo na função file_put_contents, por exemplo.

Exemplo de criação de XML com parsing

$content = '<root>';
$content .= '<nodeOne>valueOne</nodeOne>';
$content .= '<nodeTwo>valueTwo</nodeTwo>';
$content .= '</root>';

file_put_contents('filename.xml', $ontent);

Tudo bem, essa é uma maneira de fazer esse trabalho, entretanto, no meu ver, é bem trabalhosa e soa como um ‘workaround’, isto é, uma ‘gambiarra’ bem sacana.

O PHP 5 oferece-nos um objeto prontinho para trabalharmos com XML, veja um exemplo comentado:

Exemplo de criação de XML com DOMDocument

//Instanciamos o objeto passando como valor a versão do XML e o encoding (código de caractéres)
$dom = new DOMDocument('1.0','UTF-8');

//Nesse ponto, informamos para o objeto que não queremos espaços em branco no documento
$dom->preserveWhiteSpaces = false;

//Aqui, dizemos para o objeto que queremos gerar uma saída formatada
$dom->formatOutput = true;

//Pronto! Configurações inicias realizadas, agora partiremos para a criação dos elementos que compõe a árvore do documento XML
//Criação do elemento root (elemento pai)
$root = $dom->createElement('root');

//Vamos criar o elemento nodeOne, conforme o exemplo anterior
$nodeOne = $dom->createElement('nodeOne');

//Agora o elemento nodeTwo
$nodeTwo = $dom->createElement('nodeTwo');

//criados os elementos, vamos adicionar um valor para cada um deles
$nodeOneTxt = $dom->createTextNode('valueOne');
$nodeTwoTxt = $dom->createTextNode('valueTwo');

//Pronto! Elementos criados, o próximo passo é organizar essa bagunça, para isso, usaremos o método appendChild() e diremos quem é elemento pai e quem é elemento filho
$nodeOne->appendChild($nodeOneTxt);
$nodeTwo->appendChild($nodeTwoTxt);
$root->appendChild($nodeOne);
$root->appendChild($nodeTwo);
$dom->appendChild($root);

//Dessa forma, dissemos que os elementos nodeOne e nodeTwo são filhos do elemento root, isto é, estão dentro de root ou um nível abaixo de root.

//Para imprimir na tela, utilizamos o método saveXML()
$dom->saveXML();

//Por fim, para salvarmos o documento, utilizamos o método save()
$dom->save('filename.xml');

Se você utilizar exatamente esse código, você terá uma saída idêntica a saída mostrada abaixo.

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<root>
  <nodeOne>valueOne</nodeOne>
  <nodeTwo>valueTwo</nodeTwo>
</root>

Ainda podemos escrever um atributo em um determinado elemento, para isso, basta utilizar o método setAttribute(), que possui como parâmetros o nome do atributo e o valor do mesmo, respectivamente. Vejamos um exemplo.

Exemplo de um elemento com atributo


...

//Apenas modificando o exemplo acima, vamos acrescentar a seguinte linha de código logo após a linha 18
$nodeTwo->setAttribute('attr','valueAttr');

...

Alterando o código, a saída fica assim

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<root>
  <nodeOne>valueOne</nodeOne>
  <nodeTwo attr="valueAttr">valueTwo</nodeTwo>
</root>

Video-aula: Escrevendo XML com PHP 5 (DOMDocument) por lemissel no Videolog.tv.

Buenas! Espero ter ajudado os colegas.

Problemas com acentuação usando PDO com Oracle (OCI)

Sátira Bart Simpson fazendo lição com encoding
Sátira Bart Simpson fazendo lição com encoding
UTF-8 ENCODING

Buenas galerinha do café!

Ontem tive problemas com os dados obtidos do Oracle (OCI) através de PDO. Os caracteres acentuados. Eles vinham com “?” no lugar do caractere acentuado.

Nesse caso, usar funções de encoding e decoding do utf-8 por exemplo, não resolvem o problema.

Como o meu documento HTML estava com encoding UTF-8, bastou informar o charset na string de conexão que tudo se resolveu.

$conn = new PDO('oci:dbname=NOMEDOBANCO;charset=UTF-8','USUARIO','SENHA');